Se alguém que não é da família for o responsável financeiro, o que é considerado muito estranho para a imigração, o ideal é que a pessoa escreva uma declaração explicando porque está disposta, é capaz, e quais as motivações para contribuir com a sua educação nos E.U.A.  A declaração deve mencionar que a pessoa entende que ela não é apenas um meio, mas se outras fontes falharem, ela será imediatamente responsável por pagar a totalidade da mensalidade, taxas e despesas.
A categoria de visto de visitante de intercâmbio (J) é dada a pessoas aprovadas a participar em programas de visitantes de intercâmbio nos EUA, de acordo com a lei de imigração dos EUA. Isso quer dizer que antes que você possa solicitar um visto J junto à Embaixada ou Consulados, você precisa se candidatar, preencher os requisitos e ser aceito por um uma das categorias de Programas de Visitantes de Intercâmbio através de uma organização patrocinadora designada. Se você for aceito como participante no programa, o patrocinador vai lhe fornecer as informações e documentação necessárias para a solicitação de um visto J para entrar nos EUA.
A categoria de visto de visitante de intercâmbio (J) é dada a pessoas aprovadas a participar em programas de visitantes de intercâmbio nos EUA, de acordo com a lei de imigração dos EUA. Isso quer dizer que antes que você possa solicitar um visto J junto à Embaixada ou Consulados, você precisa se candidatar, preencher os requisitos e ser aceito por um uma das categorias de Programas de Visitantes de Intercâmbio através de uma organização patrocinadora designada. Se você for aceito como participante no programa, o patrocinador vai lhe fornecer as informações e documentação necessárias para a solicitação de um visto J para entrar nos EUA.
Os vistos são classificados em função da natureza da viagem e da estada do estrangeiro no Brasil, e não em função do passaporte apresentado. Leia com cuidado as informações abaixo para saber o visto mais adequado a seu caso e solicite, no tópico "Solicite seu visto", o tipo de visto compatível com a finalidade de sua viagem: (Por favor note que nacionais de outros países que não estejam com o visto apropriado terão entrada negada no Brasil).
The Brazilian government has identified a few cases of foreigners seeking illegal agencies in order to get married to Brazilian citizens, for purposes of obtaining a visa to stay in Brazil. In such cases, the visa will not be granted to the foreign citizen and the Brazilian citizen who took part in such scheme may be punished for fraudulent misrepresentation. Be sure to read the booklet Marriages of convenience (Casamentos por conveniência) for more information.
Qualquer pessoa que pretenda ir aos Estados Unidos para exercer uma função pré-combinada, treinamento ou pesquisa no âmbito de um programa aprovado oficialmente e patrocinado por uma instituição de ensino ou outra instituição sem fins lucrativos, precisa de um visto de intercambista (J-1). Solicitantes deste visto incluem estudantes de pós-graduação, estrangeiros graduados em medicina buscando pós-graduação e especialização em medicina, acadêmicos estrangeiros patrocinados por universidades como docentes temporários e alguns profissionais estagiários. Além disso, há vários programas de intercâmbio para jovens, como programas de emprego de verão, programas de estágio para universitários e programas au pair (veja a seção Au Pair abaixo).
Nationals of countries which joined the Agreement on Residence for Nationals of Mercosur, namely, Argentina, Paraguay, Uruguay, Bolivia, Chile, Colombia, Ecuador and Peru, may apply, at a Consular Office, for a temporary residence visa (VITEM XIII). Those who already live in Brazil can go directly to the Ministry of Justice. After two years in Brazil, holders of a temporary residence visa can request residence for an indefinite period to the Federal Police.
Todos os solicitantes que desejam renovar seus vistos através da cidade de Porto Alegre,  o agendamento será realizado no CED – Centro de Entrega de Documentos. Os solicitantes deverão  trazer, além de todos os documentos referentes à sua solicitação de visto (incluindo o passaporte anterior com o visto válido ou vencido), uma foto 5×5 ou 5×7 seguindo as especificações contidas no seguinte site: https://travel.state.gov/content/travel/en/us-visas/visa-information-resources/photos.html.
Estudantes de escolas técnicas: Os estudantes matriculados em escolas técnicas recebem o visto M. Porém é importante lembrar que, caso o estudante entre no país com um visto M e depois decida se transferir para um "College", "University" ou curso intensivo de inglês, sob hipótese alguma será possível mudar o visto de M para F. Entretanto, caso a opção do estudante for a inversa, ou seja, entrar nos Estados Unidos com um visto F e mudar para o M, o procedimento é possível desde que o ele solicite sua transferência para uma escola técnica.
Por gentileza, note que é de responsabilidade de cada viajante determinar quando ou não a taxa de visto é obrigatória. Se o viajante acredita ser elegível para viajar aos Estados Unidos sem necessidade de efetuar o pagamento da taxa MRV, ele/ela deve acessar o site https://br.usembassy.gov/pt/visas-pt/vistos-de-nao-imigrantes/ e ao clicar em Contate-nos escolher o posto Consular/Embaixada em que pretende fazer a entrevista para receber informações específicas sobre como iniciar este processo.
Cidadãos de outros países que desejam obter visto para viajar ao Brasil devem contatar as Representações Consulares brasileiras no exterior para obter mais informações sobre o pedido. Clique aqui para acessar a lista completa da Rede Consular brasileira (ou aqui para informações de contato da Divisão de Imigração (DIM), área responsável pela coordenação da emissão de vistos no exterior).
Vai estudar durante 4 anos? Se você for fazer um curso de longa duração, deve mostrar indicações que seus anos adicionais serão cobertos também. O governo dos EUA não espera que você possa pagar todos os anos de educação imediatamente, mas espera que você mostre de onde virá o dinheiro. E claro, você não pode contar que vai arrumar um emprego no campus e arcar com as despesas para poder pagar os anos seguintes, mas sim, que tem recursos ou um responsável financeiro. O pai que recebe salário e vai poder te mandar o montante para fazer os pagamentos, por exemplo.
Atualmente é cobrado uma taxa de US$350 (taxa SEVIS) dos requerentes de vistos F e M e de US$220 para a maioria dos requerentes de visto J, o que ajuda a manter o sistema de computadores (SEVIS) usado para registrar sua estadia nos Estados Unidos. Você poderá pagar essa taxa com um cartão de crédito internacional. Para efetuar o pagamento, acesse https://fmjfee.com/index.htmle não se esqueça de imprimir uma cópia do seu recibo. Você deverá pagar a taxa SEVIS pelo menos três dias antes da data da sua entrevista do visto. Leve uma cópia do recibo para a entrevista do visto.
Um estudante que pretenda frequentar uma universidade ou outra instituição acadêmica nos Estados Unidos deve requerer um visto de estudante (F-1). Aqueles que desejam  cursar  uma instituição profissional ou não-acadêmica precisam solicitar o visto não-acadêmico (M-1). As pessoas que possuirem visto de turismo (B-2) ou as pessoas que viajarem aos Estados Unidos utilizando o Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Visto) não podem estudar em cursos de período integral. O visto de turista só pode ser usado para frequentar cursos de curta duração que não ofereçam crédito acadêmico ou profissional, como um curso de inglês de curta duração, por exemplo, Por favor, observe que o número de horas de aula não é um fator para determinar o tipo correto de visto. Para mais informações sobre visto de estudante, por favor clique aqui. Você pode também, entrar em contato com um dos escritórios do EducationUSA mais próximo de você para obter informações sobre como estudar em faculdades e universidades nos Estados Unidos.
×