Vai estudar durante 4 anos? Se você for fazer um curso de longa duração, deve mostrar indicações que seus anos adicionais serão cobertos também. O governo dos EUA não espera que você possa pagar todos os anos de educação imediatamente, mas espera que você mostre de onde virá o dinheiro. E claro, você não pode contar que vai arrumar um emprego no campus e arcar com as despesas para poder pagar os anos seguintes, mas sim, que tem recursos ou um responsável financeiro. O pai que recebe salário e vai poder te mandar o montante para fazer os pagamentos, por exemplo.
Os vistos de não-imigrantes são destinados a cidadãos de outros países que estejam indo temporariamente para os EUA. O visto permite que você viaje a uma porta de entrada nos EUA (aeroporto, por exemplo) e solicite permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar nos Estados Unidos. Um visto não garante a entrada nos Estados Unidos.
O valor que você precisa ter vai depender da escola e do tipo de curso que você pretende fazer. Os valores mencionados acima, são o mínimo exigido pelo governo. No entanto, se o valor do seu programa, custar 3 vezes o sugerido acima, você precisa ter no mínimo o montante total do curso para fazer sua matrícula. Então, questione a escola para saber quanto você precisa! Se você for morar na opção de moradia da escola é provável que os valores dobrem devido aos custos do aluguel.
William Fish reúne-se regularmente com agentes de assuntos consulares dos EUA em Washington, D.C. e em embaixadas e consulados no exterior. Ele é presidente do Conselho Internacional de Educação de Washington (Washington International Education Council), que promove intercâmbios internacionais educativos. Ele pode ser contatado por email em wfish@washcouncil.org e no site www.washcouncil.org.
As Leis de visto dos Estados Unidos proíbem qualquer portador de visto de turismo B-2, ou viajante isento de visto pelo Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Visto), de trabalhar como au pair ou babá mesmo que somente em troca de hospedagem. A única exceção a esta regra é para babás e auxiliares que acompanhem um cidadão americano ou portador de visto de não-imigrante por um período temporário. Em tais circunstâncias, um visto de negócios B-1 é apropriado.
Para avaliar a sua “intenção de voltar” ao país de origem, o agente consular fará uma série de perguntas sobre seus vínculos com seu país de origem e seus planos de estudo. Mais uma vez, será preciso comprovar para o agente consular que sua família tem capacidade de pagar pelo primeiro ano de sua estada nos Estados Unidos e que você tem planos realistas para financiar o restante de seu curso.
E se eu vendi meus bens para viajar? Se você recebeu a grana recentemente, anexe algo por escrito ou tenha a declaração mostrando a fonte do novo dinheiro. O objetivo é superar qualquer suspeita de que o dinheiro foi emprestado de um amigo para fazer a situação financeira ficar melhor do que é na realidade temporariamente. Mas não tem problema você pode ter vendido o carro pra pagar as despesas da viagem, por exemplo;
Atualmente é cobrado uma taxa de US$350 (taxa SEVIS) dos requerentes de vistos F e M e de US$220 para a maioria dos requerentes de visto J, o que ajuda a manter o sistema de computadores (SEVIS) usado para registrar sua estadia nos Estados Unidos. Você poderá pagar essa taxa com um cartão de crédito internacional. Para efetuar o pagamento, acesse https://fmjfee.com/index.htmle não se esqueça de imprimir uma cópia do seu recibo. Você deverá pagar a taxa SEVIS pelo menos três dias antes da data da sua entrevista do visto. Leve uma cópia do recibo para a entrevista do visto.
There is no single model for invitation letters, but some items are necessary, such as: complete name of the applicant, nationality, purpose of the trip and intended period of stay. The letter must be notarized in Brazil and the original document must be sent to the applicant, so that he or she may present it to the consular authority when applying for the visa.
Solicitantes do visto J1, que têm impresso em seus formulários (DS-2019) o número do programa iniciando-se por G-1, G-2, G-3 ou G-7 e, portanto, que os qualificam com o Certificado de Elegibilidade para o status do visto J, bem como seus dependentes, não necessitam efetuar o pagamento de taxas de processamento de visto quando forem participantes de um programa patrocinado pelo Departamento de Estado, Agências Americanas de Desenvolvimento Internacional (USAID) ou programas de intercâmbio cultural e educacional financiados pelo governo dos Estados Unidos.
Se você está indo para os EUA para aprender inglês e depois fazer um curso de graduação, você terá que estar preparado para explicar o seu plano completo de estudos. Lembre-se que não basta dizer “por que é melhor estudar nos Estados Unidos”. Dê razões válidas para justificar por que isso será melhor para você. Os agentes consulares querem ouvir respostas diretas e honestas para as perguntas. Eles geralmente não veem com bons olhos os requerentes que dão respostas vagas, memorizam as respostas ou fazem comentários exagerados sobre as maravilhas e belezas dos Estados Unidos.
Já em Portugal, o tempo até a obtenção da Autorização de Residência vai depender muito do SEF onde o interessado pretenda ingressar com o seu pedido. Ou seja, se fizer o seu processo pelo SEF de cidades mais populosas, como Lisboa e Porto, o processo poderá levar mais de 120 dias. Entretanto, em cidades menores e periféricas isto pode levar menos de 30 dias.
Numa altura em que a conjuntura económico-sócio-cultural vivida no Brasil se caracteriza pela instabilidade, são cada vez mais as famílias brasileiras a quererem um novo projeto de vida que passa, muitas vezes, por atravessar o oceano Atlântico e iniciar uma nova vida na porta da Europa: em Portugal. Neste sentido, sem dúvida que uma das melhores formas de recomeçar a vida em Portugal é através do estudo! Para isso é preciso obter um visto de estudante para Portugal.
Dentre os requisitos necessários para o êxito do visto, destaca-se o comprovante de inscrição/matrícula no curso pretendido ou da chamada “carta de aceitação”, emitida pela instituição de ensino portuguesa. Ou seja, numa fase prévia ao pedido do visto será necessário realizar todos os procedimentos necessários para a candidatura e matrícula na Universidade pretendida.
2. Em segundo lugar, será necessário agendar a entrevista do visto e pagar as taxas obrigatórias. Os vistos de estudantes podem ser emitidos até 120 dias antes da data de início do curso que consta no formulário I-20. Vistos de visitantes de intercâmbio podem ser emitidos a qualquer momento antes da data que consta no DS-2019. Você deverá solicitar o visto o mais cedo possível.
O visto J-1, é popularmente conhecido nos programas de au pair ou work experience. Embora o intuito principal deste visto seja o trabalho, os portadores do visto J também podem estudar.O Visto J também é utilizado para programas de “trainee”, onde estudante graduados e com experiência na sua área de formação podem participam de um programa de treinamento passando por diversos setores dentro de uma empresa americana. Este visto não é vinculado com o formulário I-20, mas sim com o DS-2019.
É importante lembrar que, os estudantes estrangeiros não têm autorização do governo para trabalhar fora do Campus da universidade. Apenas depois de um ano acadêmico, o aluno poderá trabalhar até 20h dentro do Campus. Entretanto, a remuneração referente a esse tipo de trabalho não é considerada suficiente para custear os estudos (saiba mais sobre possibilidade de trabalho nos Estados Unidos clicando aqui).
In rare case of transaction status unknown to the applicant, which is when the applicant has not received success response due to time out or connectivity issue and the account has been debited, we advise the customer not to attempt another transaction immediately and rather provide their Order no. on the e-Visa site after 30 minutes to check the status of the transaction. If the transaction status is showing ‘failed’, then customer may attempt another transaction. Also, the debited amount shall be refunded to the applicants’ card account after reconciliation process within seven (7) days of transaction.

De acordo com os órgãos oficiais qualquer pessoa pode ser o responsável financeiro pela sua viagem. Mas aconselha-se que sejam os pais ou parente de primeiro grau. Note que cada caso é um caso. Tem família que o irmão paga a viagem, a vó que é a mãe de criação, ou ainda a empresa que está bancando o funcionário para estudar fora. No entanto, tem muita gente que transfere o dinheiro do amigo uns dias antes só para apresentar que tem recursos e infelizmente os bons pagam pelos ruins. Muitas vezes a imigração nem pede pra ver os extratos bancários, mas quando pede, a maioria dos vistos que são negados é devido aos recursos financeiros serem de um terceiro.  

Nacionais dos Estados signatários do Acordo de Residência do Mercosul (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai) podem estabelecer residência temporária no Brasil, por meio de solicitação do Visto de Residência Temporária do Mercosul (VITEM XIII) ou, sem necessidade de visto, diretamente junto ao Ministério da Justiça, de acordo com os artigos pertinentes daquele acordo (internalizado pelo Decreto Presidencial 6.975/2009). Após 2 anos, a residência temporária poderá, cumpridos os requisitos previstos no referido decreto, ser transformada em residência por prazo indeterminado, procedimento que deverá ser realizado junto à Polícia Federal.
Para avaliar a sua “intenção de voltar” ao país de origem, o agente consular fará uma série de perguntas sobre seus vínculos com seu país de origem e seus planos de estudo. Mais uma vez, será preciso comprovar para o agente consular que sua família tem capacidade de pagar pelo primeiro ano de sua estada nos Estados Unidos e que você tem planos realistas para financiar o restante de seu curso.
Technical information for e-visa: This site is best viewed in Mozilla Firefox,Google Chrome,Internet Explorer (Windows) version 9.0 and above.The applicant must also have Adobe Acrobat Reader version 7.0 or higher installed on your PC in order to download and print the completed application form. This website is compatible with Android and IOS devices.

Estudar em Portugal é uma oportunidade não apenas para aprofundar o seu conhecimento numa das excelentes universidades existentes no país, ou mesmo começar a estudar algo novo que lhe interessa, mas também para desenvolver sua network profissional ou ainda para ter mais chances de contratação, caso deseje buscar uma oportunidade de emprego em Portugal.
Las características intuitivas de Lucidchart te traen una herramienta de creación de diagramas que es fácil desde el principio. Puedes equipar a toda tu organización con Lucidchart por la mitad del costo de Visio. No solo ahorrarás dinero, también experimentarás mejoras de productividad. Con las cuentas Gratuita, Básica, Pro y Equipo, encontrarás un plan que se adecúe a tus necesidades y presupuesto.
A categoria de visto de visitante de intercâmbio (J) é dada a pessoas aprovadas a participar em programas de visitantes de intercâmbio nos EUA, de acordo com a lei de imigração dos EUA. Isso quer dizer que antes que você possa solicitar um visto J junto à Embaixada ou Consulados, você precisa se candidatar, preencher os requisitos e ser aceito por um uma das categorias de Programas de Visitantes de Intercâmbio através de uma organização patrocinadora designada. Se você for aceito como participante no programa, o patrocinador vai lhe fornecer as informações e documentação necessárias para a solicitação de um visto J para entrar nos EUA.

O agente consular precisa saber quais são os seus objetivos específicos, tanto acadêmicos quantos profissionais, para ir estudar nos Estados Unidos. Esteja preparado para explicar por que é melhor estudar a sua área específica nos Estados Unidos do que em seu país. Esteja preparado para dizer exatamente o que vai estudar e para qual carreira seu estudos nos EUA irão prepará-lo. Fale calmamente sobre seus planos educativos e de forma clara e objetiva.
Para avaliar a sua “intenção de voltar” ao país de origem, o agente consular fará uma série de perguntas sobre seus vínculos com seu país de origem e seus planos de estudo. Mais uma vez, será preciso comprovar para o agente consular que sua família tem capacidade de pagar pelo primeiro ano de sua estada nos Estados Unidos e que você tem planos realistas para financiar o restante de seu curso.
Os oficiais consulares estão mais exigentes com todos os solicitantes de vistos. Isso significa simplesmente que você estar bem preparado para a entrevista do visto. Siga as instruções neste artigo. Você deverá explicar em uma breve entrevista por que quer estudar nos Estados Unidos, o que pretende estudar e como isso vai lhe preparar para trabalhar no seu país ao terminar seus estudos. Você provavelmente terá que explicar também por que escolheu a escola que lhe aceitou e como pagará pelos seus estudos e gastos pessoais.
E se eu vendi meus bens para viajar? Se você recebeu a grana recentemente, anexe algo por escrito ou tenha a declaração mostrando a fonte do novo dinheiro. O objetivo é superar qualquer suspeita de que o dinheiro foi emprestado de um amigo para fazer a situação financeira ficar melhor do que é na realidade temporariamente. Mas não tem problema você pode ter vendido o carro pra pagar as despesas da viagem, por exemplo;

O agente consular precisa saber quais são os seus objetivos específicos, tanto acadêmicos quantos profissionais, para ir estudar nos Estados Unidos. Esteja preparado para explicar por que é melhor estudar a sua área específica nos Estados Unidos do que em seu país. Esteja preparado para dizer exatamente o que vai estudar e para qual carreira seu estudos nos EUA irão prepará-lo. Fale calmamente sobre seus planos educativos e de forma clara e objetiva.
William Fish reúne-se regularmente com agentes de assuntos consulares dos EUA em Washington, D.C. e em embaixadas e consulados no exterior. Ele é presidente do Conselho Internacional de Educação de Washington (Washington International Education Council), que promove intercâmbios internacionais educativos. Ele pode ser contatado por email em wfish@washcouncil.org e no site www.washcouncil.org.
No que toca à fase no Consulado ou Embaixada de Portugal, no caso de o processo estar bem instruído, a tramitação junto do Consulado leva em média entre 30 à 60 dias para estar concluído, com a respectiva decisão sobre o pedido formulado. Lembrando que processos mal formados e com documentação insuficiente podem levar muito mais tempo ou mesmo serem indeferidos. Por isso: atenção quanto à documentação e formulários!
O Itamaraty é o órgão do Governo brasileiro responsável pela concessão de vistos, o que ocorre por meio das Embaixadas, Consulados-Gerais, Consulados e Vice-Consulados do Brasil no exterior. Vistos brasileiros jamais serão concedidos no território nacional. Sendo assim, não será possível obter seu visto em aeroportos, portos ou qualquer ponto de entrada da fronteira brasileira. Da mesma forma, o Itamaraty e a Polícia Federal (órgão responsável pelo controle migratório nas fronteiras brasileiras) não poderão autorizar a entrada de cidadãos estrangeiros sem o visto adequado.
e-Visa has 5 sub-categories viz. e-Tourist Visa(for 30 days/01 year/ 05 years) ,e-Business Visa, e-Medical Visa, e-Medical Attendant Visa and e-Conference Visa. A foreigner (other than those applying for e-Conference Visa) will be allowed to club activities permitted under these categories. Foreigners applying for e-Conference visa will be permitted to club the activities permitted under e-Tourist visa only (validity co-terminus with e-Conference Visa only i.e. 30 days). Only two e-Medical Attendant Visas will be granted against one e- Medical Visa.
Se você está indo para os EUA para aprender inglês e depois fazer um curso de graduação, você terá que estar preparado para explicar o seu plano completo de estudos. Lembre-se que não basta dizer “por que é melhor estudar nos Estados Unidos”. Dê razões válidas para justificar por que isso será melhor para você. Os agentes consulares querem ouvir respostas diretas e honestas para as perguntas. Eles geralmente não veem com bons olhos os requerentes que dão respostas vagas, memorizam as respostas ou fazem comentários exagerados sobre as maravilhas e belezas dos Estados Unidos.

1. Em primeiro lugar, sua escola ou universidade te enviará um formulário confirmando sua aceitação em uma instituição autorizada pelo Serviço de Naturalização e Cidadania dos EUA (USCIS, na sigla em inglês) para matricular estudantes não imigrante (o formulário I-20 para o visto F-1 ou o formulário DS-2019 para o visto J-1). Você deverá ler e assinar esse formulário.


Grandes somas de dinheiro em contas bancárias poderão não ser provas suficientes de capacidade financeira. Ao fornecer informações sobre suas contas bancárias, peça a alguém do banco para escrever uma carta que diga quanto tempo a conta existe e o saldo médio dela nesse período. Isso deverá bastar para convencer o agente consular que você e sua família têm um relacionamento antigo e estável de negócios com o banco.
Preencha completamente e envie o formulário DS-160 on-line. Lembre-se de usar exatamente a mesma grafia e ordem de seu nome como consta no seu passaporte. Agora há uma pergunta adicional que exige que você informe suas contas de redes sociais, tais como Facebook. Em seguida, imprima o formulário preenchido e leve-o com você quando for para a entrevista do visto na Embaixada.
Já em Portugal, o tempo até a obtenção da Autorização de Residência vai depender muito do SEF onde o interessado pretenda ingressar com o seu pedido. Ou seja, se fizer o seu processo pelo SEF de cidades mais populosas, como Lisboa e Porto, o processo poderá levar mais de 120 dias. Entretanto, em cidades menores e periféricas isto pode levar menos de 30 dias.
Nacionais dos Estados signatários do Acordo de Residência do Mercosul (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai) podem estabelecer residência temporária no Brasil, por meio de solicitação do Visto de Residência Temporária do Mercosul (VITEM XIII) ou, sem necessidade de visto, diretamente junto ao Ministério da Justiça, de acordo com os artigos pertinentes daquele acordo (internalizado pelo Decreto Presidencial 6.975/2009). Após 2 anos, a residência temporária poderá, cumpridos os requisitos previstos no referido decreto, ser transformada em residência por prazo indeterminado, procedimento que deverá ser realizado junto à Polícia Federal.
The documents required for completing the eVisa application is indicated against each type of eVisa. Please keep all these documents ready at hand before beginning to fill your eVisa application. All documents including Business cards, Invitation letters etc. must be in English language, failing which the application would be liable for rejection. The entire process may take 10 to 15 minutes to complete the application and make the payment.Applicants must be fill eVisa application himself/herself and give correct information in each column and take responsibility for the correctness of information provided.
Os oficiais consulares estão mais exigentes com todos os solicitantes de vistos. Isso significa simplesmente que você estar bem preparado para a entrevista do visto. Siga as instruções neste artigo. Você deverá explicar em uma breve entrevista por que quer estudar nos Estados Unidos, o que pretende estudar e como isso vai lhe preparar para trabalhar no seu país ao terminar seus estudos. Você provavelmente terá que explicar também por que escolheu a escola que lhe aceitou e como pagará pelos seus estudos e gastos pessoais.
Dentre os requisitos necessários para o êxito do visto, destaca-se o comprovante de inscrição/matrícula no curso pretendido ou da chamada “carta de aceitação”, emitida pela instituição de ensino portuguesa. Ou seja, numa fase prévia ao pedido do visto será necessário realizar todos os procedimentos necessários para a candidatura e matrícula na Universidade pretendida.
No que toca à fase no Consulado ou Embaixada de Portugal, no caso de o processo estar bem instruído, a tramitação junto do Consulado leva em média entre 30 à 60 dias para estar concluído, com a respectiva decisão sobre o pedido formulado. Lembrando que processos mal formados e com documentação insuficiente podem levar muito mais tempo ou mesmo serem indeferidos. Por isso: atenção quanto à documentação e formulários!
×