Por gentileza, note que é de responsabilidade de cada viajante determinar quando ou não a taxa de visto é obrigatória. Se o viajante acredita ser elegível para viajar aos Estados Unidos sem necessidade de efetuar o pagamento da taxa MRV, ele/ela deve acessar o site https://br.usembassy.gov/pt/visas-pt/vistos-de-nao-imigrantes/ e ao clicar em Contate-nos escolher o posto Consular/Embaixada em que pretende fazer a entrevista para receber informações específicas sobre como iniciar este processo.

Os vistos de não-imigrantes são destinados a cidadãos de outros países que estejam indo temporariamente para os EUA. O visto permite que você viaje a uma porta de entrada nos EUA (aeroporto, por exemplo) e solicite permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar nos Estados Unidos. Um visto não garante a entrada nos Estados Unidos.


O Governo brasileiro tem identificado alguns casos de estrangeiros que procuram agências ilegais com a finalidade de constituir casamento com cidadãos brasileiros, para obtenção de visto para permanência no Brasil. Em caso de suspeitas de tentativa de imigração irregular, a Autoridade Consular poderá não conceder o visto, e o cidadão brasileiro que participe do referido esquema poderá ser punido por falsidade ideológica. Não deixe de ler a cartilha Casamentos por conveniência para maiores informações. 

Vai estudar durante 4 anos? Se você for fazer um curso de longa duração, deve mostrar indicações que seus anos adicionais serão cobertos também. O governo dos EUA não espera que você possa pagar todos os anos de educação imediatamente, mas espera que você mostre de onde virá o dinheiro. E claro, você não pode contar que vai arrumar um emprego no campus e arcar com as despesas para poder pagar os anos seguintes, mas sim, que tem recursos ou um responsável financeiro. O pai que recebe salário e vai poder te mandar o montante para fazer os pagamentos, por exemplo.
Não é preciso ser expert em matemática pra fazer este cálculo. Se você vai viajar com mais pessoas e na teoria é o responsável financeiro por elas. Precisará cobrir não só as suas próprias despesas, mas as do seu cônjuge e filhos. Portanto, uma conta simples é o valor sugerido para o período do curso que você quer fazer, mais as despesas de viagem – como transporte/ moradia e alimentação X o número de pessoas que vão te acompanhar durante a viagem!
Foreigners who want to apply for a visa to travel to Brazil should contact the Brazilian Representations abroad to obtain more information about the subject. Click here to access the full list of the Brazilian Consular Network or here for contact information of the Immigration Division (DIM), the area responsible for coordinating the issuance of Brazilian visas abroad.
Os vistos são classificados em função da natureza da viagem e da estada do estrangeiro no Brasil, e não em função do passaporte apresentado. Leia com cuidado as informações abaixo para saber o visto mais adequado a seu caso e solicite, no tópico "Solicite seu visto", o tipo de visto compatível com a finalidade de sua viagem: (Por favor note que nacionais de outros países que não estejam com o visto apropriado terão entrada negada no Brasil).

Um fax ou e-mail de sua escola nos EUA para a embaixada ou consulado americano de sua cidade, contendo detalhes de suas qualificações e pedindo que para que eles reconsiderem a decisão, poderá ser útil no processo da apelação bem sucedida. O fax deverá ser enviado ao Chefe de Vistos de Não-imigrante no posto consular em questão. Os números de fax e telefone estão disponíveis no site do Departamento de Estado em usembassy.state.gov. Veja em “Contact us.”


O visto J-1, é popularmente conhecido nos programas de au pair ou work experience. Embora o intuito principal deste visto seja o trabalho, os portadores do visto J também podem estudar.O Visto J também é utilizado para programas de “trainee”, onde estudante graduados e com experiência na sua área de formação podem participam de um programa de treinamento passando por diversos setores dentro de uma empresa americana. Este visto não é vinculado com o formulário I-20, mas sim com o DS-2019.
No entanto, no final do ano de 2017, a legislação portuguesa foi alterada e veio a permitir que cidadãos estrangeiros que não sejam detentores de visto de residência para estudo possam solicitar a autorização de residência para estudo diretamente em Portugal. Ou seja, dispensando a prévia obtenção do visto como condição necessária à obtenção da autorização de residência.

Preencha completamente e envie o formulário DS-160 on-line. Lembre-se de usar exatamente a mesma grafia e ordem de seu nome como consta no seu passaporte. Agora há uma pergunta adicional que exige que você informe suas contas de redes sociais, tais como Facebook. Em seguida, imprima o formulário preenchido e leve-o com você quando for para a entrevista do visto na Embaixada.


Recent front facing photograph with white background and photo page of Passport containing personal details like name, date of birth, nationality, expiry date etc are to be uploaded mandatorily by the applicant. Additionally one more document depending upon the e-Visa type would also be required to be uploaded. The application is liable to be rejected if the uploaded documents and photograph are not clear / as per specification.
De acordo com os órgãos oficiais qualquer pessoa pode ser o responsável financeiro pela sua viagem. Mas aconselha-se que sejam os pais ou parente de primeiro grau. Note que cada caso é um caso. Tem família que o irmão paga a viagem, a vó que é a mãe de criação, ou ainda a empresa que está bancando o funcionário para estudar fora. No entanto, tem muita gente que transfere o dinheiro do amigo uns dias antes só para apresentar que tem recursos e infelizmente os bons pagam pelos ruins. Muitas vezes a imigração nem pede pra ver os extratos bancários, mas quando pede, a maioria dos vistos que são negados é devido aos recursos financeiros serem de um terceiro. 
De acordo com os órgãos oficiais qualquer pessoa pode ser o responsável financeiro pela sua viagem. Mas aconselha-se que sejam os pais ou parente de primeiro grau. Note que cada caso é um caso. Tem família que o irmão paga a viagem, a vó que é a mãe de criação, ou ainda a empresa que está bancando o funcionário para estudar fora. No entanto, tem muita gente que transfere o dinheiro do amigo uns dias antes só para apresentar que tem recursos e infelizmente os bons pagam pelos ruins. Muitas vezes a imigração nem pede pra ver os extratos bancários, mas quando pede, a maioria dos vistos que são negados é devido aos recursos financeiros serem de um terceiro. 
Brasileiros que necessitem de informações sobre vistos para ingressar em outros países: acesse a Tabela de vistos para cidadãos brasileiros. Cabe ressaltar, que a tabela é meramente indicativa, uma vez que dados sobre vistos e entrada em outros países são matéria de decisão soberana dos Estados e podem mudar a qualquer momento, sem nenhum tipo de aviso prévio. Portanto, para uma informação definitiva sobre eventual necessidade de visto para entrada em territórios estrangeiros, recomenda-se contato direto com a Representação diplomática do país em questão. Dados de contato das Embaixadas e Consulados de outros países no Brasil estão disponíveis no Portal do Ministério das Relações Exteriores.
Um estudante que pretenda frequentar uma universidade ou outra instituição acadêmica nos Estados Unidos deve requerer um visto de estudante (F-1). Aqueles que desejam  cursar  uma instituição profissional ou não-acadêmica precisam solicitar o visto não-acadêmico (M-1). As pessoas que possuirem visto de turismo (B-2) ou as pessoas que viajarem aos Estados Unidos utilizando o Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Visto) não podem estudar em cursos de período integral. O visto de turista só pode ser usado para frequentar cursos de curta duração que não ofereçam crédito acadêmico ou profissional, como um curso de inglês de curta duração, por exemplo, Por favor, observe que o número de horas de aula não é um fator para determinar o tipo correto de visto. Para mais informações sobre visto de estudante, por favor clique aqui. Você pode também, entrar em contato com um dos escritórios do EducationUSA mais próximo de você para obter informações sobre como estudar em faculdades e universidades nos Estados Unidos.
The applicant after filling details on https://indianvisaonline.gov.in/ clicks 'Pay Now'. The applicant is redirected to Axis Bank payment gateway page and is presented with payment options like MasterCard and VISA. Cardholder enters his card number, expiry date, Name and CVV value and clicks 'Pay Now'. Incase cardholder Bank is enabled for 3D secure, then a page will appear for the cardholder to entire either his/her OTP/3D secure password. Else transaction would be processed. After successful completion of transaction, the applicant is redirected on to the https://indianvisaonline.gov.in/ with a successful receipt of payment.

Grandes somas de dinheiro em contas bancárias poderão não ser provas suficientes de capacidade financeira. Ao fornecer informações sobre suas contas bancárias, peça a alguém do banco para escrever uma carta que diga quanto tempo a conta existe e o saldo médio dela nesse período. Isso deverá bastar para convencer o agente consular que você e sua família têm um relacionamento antigo e estável de negócios com o banco.


Solicitantes do visto J1, que têm impresso em seus formulários (DS-2019) o número do programa iniciando-se por G-1, G-2, G-3 ou G-7 e, portanto, que os qualificam com o Certificado de Elegibilidade para o status do visto J, bem como seus dependentes, não necessitam efetuar o pagamento de taxas de processamento de visto quando forem participantes de um programa patrocinado pelo Departamento de Estado, Agências Americanas de Desenvolvimento Internacional (USAID) ou programas de intercâmbio cultural e educacional financiados pelo governo dos Estados Unidos.
SEVIS é a abreviação da sigla que significa Student and Exchange Visitor Information System. Trata-se de sistema utilizado por escolas, colleges e universidades e pela imigração para analizar e monitorar, as informações dos estudantes durante o período em que estiverem morando nos Estados Unidos. As escolas precisam ser conveniadas a este sistema para fornecer para o governo informações sobre seus alunos. Então quando você faltar, tiver tirando péssimas notas ou “sumir do mapa” a escola reporta tudo para a SEVIS e você pode ter seu I-20 cancelado e ser convidado a se retirar do país. O número SEVIS é tipo um tracking number seu enquanto for estudante. Mas e o que o I-20 tem haver com isto?
A categoria de visto de visitante de intercâmbio (J) é dada a pessoas aprovadas a participar em programas de visitantes de intercâmbio nos EUA, de acordo com a lei de imigração dos EUA. Isso quer dizer que antes que você possa solicitar um visto J junto à Embaixada ou Consulados, você precisa se candidatar, preencher os requisitos e ser aceito por um uma das categorias de Programas de Visitantes de Intercâmbio através de uma organização patrocinadora designada. Se você for aceito como participante no programa, o patrocinador vai lhe fornecer as informações e documentação necessárias para a solicitação de um visto J para entrar nos EUA.

Um outro site (https://travel.state.gov/content/travel/en/us-visas/visa-information-resources/wait-times.html) poderá informar também sobre o tempo de espera para solicitar o visto em seu país. Requerentes internacionais de visto de estudante devem ter prioridade na embaixada ou consulado. Assim sendo, se o seu curso acadêmico for começar logo, deixe isso bem claro ao solicitar o visto. 

Vai estudar durante 4 anos? Se você for fazer um curso de longa duração, deve mostrar indicações que seus anos adicionais serão cobertos também. O governo dos EUA não espera que você possa pagar todos os anos de educação imediatamente, mas espera que você mostre de onde virá o dinheiro. E claro, você não pode contar que vai arrumar um emprego no campus e arcar com as despesas para poder pagar os anos seguintes, mas sim, que tem recursos ou um responsável financeiro. O pai que recebe salário e vai poder te mandar o montante para fazer os pagamentos, por exemplo.
In rare case of transaction status unknown to the applicant, which is when the applicant has not received success response due to time out or connectivity issue and the account has been debited, we advise the customer not to attempt another transaction immediately and rather provide their Order no. on the e-Visa site after 30 minutes to check the status of the transaction. If the transaction status is showing ‘failed’, then customer may attempt another transaction. Also, the debited amount shall be refunded to the applicants’ card account after reconciliation process within seven (7) days of transaction.
Study in the USA tem compartilhado oportunidades educacionais com estudantes internacionais por mais de 40 anos. Nós só trabalhamos com escolas credenciadas da mais alta qualidade e com parceiros de reputação impecável. StudyUSA+ ajuda os estudantes a se beneficiarem dessas oportunidades desde a descoberta até a matrícula, tudo isso em uma plataforma segura.
Foreigners who want to apply for a visa to travel to Brazil should contact the Brazilian Representations abroad to obtain more information about the subject. Click here to access the full list of the Brazilian Consular Network or here for contact information of the Immigration Division (DIM), the area responsible for coordinating the issuance of Brazilian visas abroad.
E se eu vendi meus bens para viajar? Se você recebeu a grana recentemente, anexe algo por escrito ou tenha a declaração mostrando a fonte do novo dinheiro. O objetivo é superar qualquer suspeita de que o dinheiro foi emprestado de um amigo para fazer a situação financeira ficar melhor do que é na realidade temporariamente. Mas não tem problema você pode ter vendido o carro pra pagar as despesas da viagem, por exemplo;
c) Visto de Cortesia: concedido a personalidades  e  autoridades estrangeiras em viagem não oficial ao Brasil; companheiros (as), independentemente de sexo, dependentes e outros familiares que  não  se  beneficiem  de  Visto Diplomático ou Oficial  por  reunião  familiar; trabalhadores domésticos de Missão estrangeira sediada no Brasil ou do Ministério das Relações Exteriores; artistas e desportistas estrangeiros que viajem ao Brasil para evento de caráter gratuito e eminentemente cultural.
Brasileiros que necessitem de informações sobre vistos para ingressar em outros países: acesse a Tabela de vistos para cidadãos brasileiros. Cabe ressaltar, que a tabela é meramente indicativa, uma vez que dados sobre vistos e entrada em outros países são matéria de decisão soberana dos Estados e podem mudar a qualquer momento, sem nenhum tipo de aviso prévio. Portanto, para uma informação definitiva sobre eventual necessidade de visto para entrada em territórios estrangeiros, recomenda-se contato direto com a Representação diplomática do país em questão. Dados de contato das Embaixadas e Consulados de outros países no Brasil estão disponíveis no Portal do Ministério das Relações Exteriores.

No que toca à fase no Consulado ou Embaixada de Portugal, no caso de o processo estar bem instruído, a tramitação junto do Consulado leva em média entre 30 à 60 dias para estar concluído, com a respectiva decisão sobre o pedido formulado. Lembrando que processos mal formados e com documentação insuficiente podem levar muito mais tempo ou mesmo serem indeferidos. Por isso: atenção quanto à documentação e formulários!
Courtesy Visa: granted to personalities and foreign authorities in an unofficial trip to Brazil; spouse or partner, regardless of their gender, dependents and other family members who do not benefit from Diplomatic or Official Visa for family reunification; domestic workers of foreign Mission based in Brazil or of the Ministry of Foreign Affairs; foreign artists and sportsmen traveling to Brazil for free and eminently cultural events.
O visto J-1, é popularmente conhecido nos programas de au pair ou work experience. Embora o intuito principal deste visto seja o trabalho, os portadores do visto J também podem estudar.O Visto J também é utilizado para programas de “trainee”, onde estudante graduados e com experiência na sua área de formação podem participam de um programa de treinamento passando por diversos setores dentro de uma empresa americana. Este visto não é vinculado com o formulário I-20, mas sim com o DS-2019.
Todos os nomes de requerentes de vistos são investigados por questões de segurança. Cidadãos e estudantes de alguns países que pretendem estudar algumas matérias específicas na universidade têm que passar por uma triagem adicional, o que acrescenta algumas semanas ao processo. Por isso, é essencial fazer o pedido do visto com bastante antecedência.
×