c) Visto de Cortesia: concedido a personalidades  e  autoridades estrangeiras em viagem não oficial ao Brasil; companheiros (as), independentemente de sexo, dependentes e outros familiares que  não  se  beneficiem  de  Visto Diplomático ou Oficial  por  reunião  familiar; trabalhadores domésticos de Missão estrangeira sediada no Brasil ou do Ministério das Relações Exteriores; artistas e desportistas estrangeiros que viajem ao Brasil para evento de caráter gratuito e eminentemente cultural.
O visto J-1, é popularmente conhecido nos programas de au pair ou work experience. Embora o intuito principal deste visto seja o trabalho, os portadores do visto J também podem estudar.O Visto J também é utilizado para programas de “trainee”, onde estudante graduados e com experiência na sua área de formação podem participam de um programa de treinamento passando por diversos setores dentro de uma empresa americana. Este visto não é vinculado com o formulário I-20, mas sim com o DS-2019.
Solicitantes do visto J1, que têm impresso em seus formulários (DS-2019) o número do programa iniciando-se por G-1, G-2, G-3 ou G-7 e, portanto, que os qualificam com o Certificado de Elegibilidade para o status do visto J, bem como seus dependentes, não necessitam efetuar o pagamento de taxas de processamento de visto quando forem participantes de um programa patrocinado pelo Departamento de Estado, Agências Americanas de Desenvolvimento Internacional (USAID) ou programas de intercâmbio cultural e educacional financiados pelo governo dos Estados Unidos.
Para tirar o visto de estudante os valores precisam ser maiores, já que além de estudar, você precisa comprovar que tem condições de se manter durante o período que estiver nos Estados Unidos. Para fazer um cálculo básico e ter uma noção, pegue o valor da mensalidade, adicione o valor da moradia e do custo de vida mínimo, como transporte e alimentação. Quanto você tiver o valor mensal, multiplique pela quantidade de meses que pretende estudar.

Você poderá desejar visitar ou entrar em contato com um dos escritórios de assessoria educacional do EducationUSA (órgão afiliado ao Departamento de Estado dos EUA) em seu país. Eles estão espalhados pelo mundo todo e uma lista deles se encontra aqui: https://educationusa.state.gov/find-advising-center. Os funcionários desses centros estão capacitados para oferecer orientação e explicar onde fazer o pagamento das taxas do visto e como agendar a sua entrevista.
É importante lembrar que, os estudantes estrangeiros não têm autorização do governo para trabalhar fora do Campus da universidade. Apenas depois de um ano acadêmico, o aluno poderá trabalhar até 20h dentro do Campus. Entretanto, a remuneração referente a esse tipo de trabalho não é considerada suficiente para custear os estudos (saiba mais sobre possibilidade de trabalho nos Estados Unidos clicando aqui).
Preencha completamente e envie o formulário DS-160 on-line. Lembre-se de usar exatamente a mesma grafia e ordem de seu nome como consta no seu passaporte. Agora há uma pergunta adicional que exige que você informe suas contas de redes sociais, tais como Facebook. Em seguida, imprima o formulário preenchido e leve-o com você quando for para a entrevista do visto na Embaixada.
Study in the USA tem compartilhado oportunidades educacionais com estudantes internacionais por mais de 40 anos. Nós só trabalhamos com escolas credenciadas da mais alta qualidade e com parceiros de reputação impecável. StudyUSA+ ajuda os estudantes a se beneficiarem dessas oportunidades desde a descoberta até a matrícula, tudo isso em uma plataforma segura.
1. Em primeiro lugar, sua escola ou universidade te enviará um formulário confirmando sua aceitação em uma instituição autorizada pelo Serviço de Naturalização e Cidadania dos EUA (USCIS, na sigla em inglês) para matricular estudantes não imigrante (o formulário I-20 para o visto F-1 ou o formulário DS-2019 para o visto J-1). Você deverá ler e assinar esse formulário. 

No exemplo da UC Berkeley, você precisa apresentar de $24 à $34 mil dependendo das opções de moradia. Se você for pro college, o modelo é parecido e você pode verificar os valores no site do college que pretende estudar. Esta informação, obrigatoriamente deve constar lá. Lembrando que os valores para residentes da Califórnia e estudantes internacionais são bem diferentes. O seu sempre será o maior 🙁
The Brazilian government has identified a few cases of foreigners seeking illegal agencies in order to get married to Brazilian citizens, for purposes of obtaining a visa to stay in Brazil. In such cases, the visa will not be granted to the foreign citizen and the Brazilian citizen who took part in such scheme may be punished for fraudulent misrepresentation. Be sure to read the booklet Marriages of convenience (Casamentos por conveniência) for more information.
No que toca à fase no Consulado ou Embaixada de Portugal, no caso de o processo estar bem instruído, a tramitação junto do Consulado leva em média entre 30 à 60 dias para estar concluído, com a respectiva decisão sobre o pedido formulado. Lembrando que processos mal formados e com documentação insuficiente podem levar muito mais tempo ou mesmo serem indeferidos. Por isso: atenção quanto à documentação e formulários!

A categoria de visto de visitante de intercâmbio (J) é dada a pessoas aprovadas a participar em programas de visitantes de intercâmbio nos EUA, de acordo com a lei de imigração dos EUA. Isso quer dizer que antes que você possa solicitar um visto J junto à Embaixada ou Consulados, você precisa se candidatar, preencher os requisitos e ser aceito por um uma das categorias de Programas de Visitantes de Intercâmbio através de uma organização patrocinadora designada. Se você for aceito como participante no programa, o patrocinador vai lhe fornecer as informações e documentação necessárias para a solicitação de um visto J para entrar nos EUA.


Solicitantes do visto J1, que têm impresso em seus formulários (DS-2019) o número do programa iniciando-se por G-1, G-2, G-3 ou G-7 e, portanto, que os qualificam com o Certificado de Elegibilidade para o status do visto J, bem como seus dependentes, não necessitam efetuar o pagamento de taxas de processamento de visto quando forem participantes de um programa patrocinado pelo Departamento de Estado, Agências Americanas de Desenvolvimento Internacional (USAID) ou programas de intercâmbio cultural e educacional financiados pelo governo dos Estados Unidos.

O visto de estudante deve ser solicitado por pessoas que desejam estudar nos Estados Unidos por um período superior a 18 horas semanais. Este visto deve ser feito no Brasil mediante entrevista consulado americano após a matrícula na escola, e o visto será emitido, em regra, pelo período de duração do curso podendo chegar até 4 anos. Saiba mais sobre os tipos de visto de estudante.

×