The visit visa will be issued to foreigners traveling to Brazil for staying up to 90 days without purposes of immigration or the exercise of paid activity (daily allowances, artistic paychecks, compensation or other travel expenses are allowed). Visit visas can be granted for those traveling for tourism, business, transit, artistic or sports activities, study, volunteer work, or to attend to conferences, seminars or meetings, among other purposes - provided there is no remuneration in Brazil and the stay does not exceed 90 days. 

Você poderá desejar visitar ou entrar em contato com um dos escritórios de assessoria educacional do EducationUSA (órgão afiliado ao Departamento de Estado dos EUA) em seu país. Eles estão espalhados pelo mundo todo e uma lista deles se encontra aqui: https://educationusa.state.gov/find-advising-center. Os funcionários desses centros estão capacitados para oferecer orientação e explicar onde fazer o pagamento das taxas do visto e como agendar a sua entrevista.
The e-Visa fee payment status updation may take up to 2 hours due to technical reasons/network delays. Before re-applying, the applicants are requested to wait for 2 hours for payment status updating, after final submission of the application form and payment of the fee. In cases, where e-Visa fee has been deducted but status is not updated, the applicants are advised to verify their payment status by clicking on 'Verify Payment/Pay Visa Fee' tab or by clicking on the link Verify Payment.
Já no caso de o estudante ir para os EUA cursar inglês para depois entrar em um "College" ou "University", a Embaixada ou Consulado Americano no Brasil podem exigir uma espécie de carta de admissão (conditional acceptance) da instituição que o estudante pretende cursar após concluir o curso de inglês. Nesta carta de admissão condicional, a própria instituição se compromete a aceitar o estudante em uma data posterior, caso o aluno complete seu curso de inglês de forma satisfatória. Nesse caso, o aluno também precisará de um formulário I-20 encaminhado pela escola de inglês para obter seu visto.

O formulário I-20 é um documento do Student and Exchange Visitor Program- SEVP, que as escolas autorizadas pelo governo podem emitir para os estudantes estrangeiros para confirmando que eles estão sob a responsabilidade delas e qualquer “desobediência” elas vão reportar a SEVIS. O formulário é o mais importante para a entrevista no consulado americano para o visto de estudante. Neste post explico sobre ele.

O visto J-1, é popularmente conhecido nos programas de au pair ou work experience. Embora o intuito principal deste visto seja o trabalho, os portadores do visto J também podem estudar.O Visto J também é utilizado para programas de “trainee”, onde estudante graduados e com experiência na sua área de formação podem participam de um programa de treinamento passando por diversos setores dentro de uma empresa americana. Este visto não é vinculado com o formulário I-20, mas sim com o DS-2019.


Já no caso de o estudante ir para os EUA cursar inglês para depois entrar em um "College" ou "University", a Embaixada ou Consulado Americano no Brasil podem exigir uma espécie de carta de admissão (conditional acceptance) da instituição que o estudante pretende cursar após concluir o curso de inglês. Nesta carta de admissão condicional, a própria instituição se compromete a aceitar o estudante em uma data posterior, caso o aluno complete seu curso de inglês de forma satisfatória. Nesse caso, o aluno também precisará de um formulário I-20 encaminhado pela escola de inglês para obter seu visto.
Um estudante que pretenda frequentar uma universidade ou outra instituição acadêmica nos Estados Unidos deve requerer um visto de estudante (F-1). Aqueles que desejam  cursar  uma instituição profissional ou não-acadêmica precisam solicitar o visto não-acadêmico (M-1). As pessoas que possuirem visto de turismo (B-2) ou as pessoas que viajarem aos Estados Unidos utilizando o Visa Waiver Program (Programa de Isenção de Visto) não podem estudar em cursos de período integral. O visto de turista só pode ser usado para frequentar cursos de curta duração que não ofereçam crédito acadêmico ou profissional, como um curso de inglês de curta duração, por exemplo, Por favor, observe que o número de horas de aula não é um fator para determinar o tipo correto de visto. Para mais informações sobre visto de estudante, por favor clique aqui. Você pode também, entrar em contato com um dos escritórios do EducationUSA mais próximo de você para obter informações sobre como estudar em faculdades e universidades nos Estados Unidos.
O Governo brasileiro tem identificado alguns casos de estrangeiros que procuram agências ilegais com a finalidade de constituir casamento com cidadãos brasileiros, para obtenção de visto para permanência no Brasil. Em caso de suspeitas de tentativa de imigração irregular, a Autoridade Consular poderá não conceder o visto, e o cidadão brasileiro que participe do referido esquema poderá ser punido por falsidade ideológica. Não deixe de ler a cartilha Casamentos por conveniência para maiores informações.
Todos os nomes de requerentes de vistos são investigados por questões de segurança. Cidadãos e estudantes de alguns países que pretendem estudar algumas matérias específicas na universidade têm que passar por uma triagem adicional, o que acrescenta algumas semanas ao processo. Por isso, é essencial fazer o pedido do visto com bastante antecedência.
×